A música influencia o sabor da cerveja

Partilhar por e-mail










Enviar
49
Partilhas

Brussels Beer Project, produziu uma cerveja do estilo Porter inspirada na identidade musical e visual da banda britânica The Editors.

O seu perfil de sabor foi desenhado de forma a tentar reflectir o último álbum da banda, ‘In Dreams’. Foi usada uma infusão de chá Earl Grey para produzir apontamentos cítricos que contrastam com as notas de malte e chocolate.

Depois de criada a cerveja, um equipa liderada pelo Dr. Felipe Reinoso Carvalho, da Vrije Universiteit Brussel e KU Leuven, quis perceber se a música ou embalagem interferia como a forma que a cerveja era percepcionada.

Como tal, foi dada a beber a 231 pessoas a mesma cerveja. A um primeiro grupo foi apresentada sem rótulo, ao segundo com rótulo e ao terceiro rotulada e acompanhada de áudio. ‘Oceans of Light’, uma das músicas do mais recente álbum da banda, foi o tema escolhido para acompanhar a cerveja.

Os resultados comprovaram que aqueles que bebiam enquanto ouviam música deram uma melhor pontuação ao sabor da cerveja. Isso mostra que existe algum tipo de relação entre a audição e o paladar ou a percepção do mesmo.

“Parece que o prazer da música foi transposto para a experiência de consumir cerveja”, explicou Felipe Reinoso Cavalho, ao Daily Mail.

O responsável acredita que “este é apenas o começo”, pelo que planeia desenvolver o mesmo estudo abordando outros sentidos e alimentos/bebidas diferentes.

Estudos anteriores tinham já encontrado benefícios em ouvir música durante o consumo de bebidas. Pete Brown, escritor focado na temática da cerveja e Charles spence, Professor de Psicologia Experimental na Universidade de Oxford, desenvolveram um estudo em 2014 em que serviram cervejas acompanhadas com as músicas consideradas ideais para melhorar a experiência do consumidor.

Deixe uma mensagem!