Cerveja e saúde

Cerveja pode ajudar a proteger células do cérebro

Partilhar por e-mail










Enviar
121
Partilhas

Mais uma (potencial) boa notícia para os apreciadores da bebida: um componente da cerveja poderá ajudar a proteger as células do cérebro contra um tipo de dano que já foi associado a determinadas desordens neuro-degenerativas, como demência e Parkinson.

O composto em causa é o Xanthohumol, um componente activo da família dos flavonóides que existe no lúpulo e por isso também na cerveja. Apesar de ser necessária mais investigação, especialmente em organismos vivos, os cientistas pensam que os resultados obtidos sugerem que o Xanthohumol pode representar um potencial candidato para combater doenças neuro-degenerativas como o Alzheimer.

Fonte: IFLScience

Deixe uma mensagem!