Cerveja

Consumo diário de cerveja pode ajudar a prevenir AVC

[ultimatesocial skin="easy" networks="facebook,twitter,mail,total" custom_class="ultimatesocial-single top" count="false" align="left" share_text=""]

Os resultados do estudo, que foi realizado pela Pennsylvania State University nos Estados Unidos da América, foram apresentados no último encontro da American Heart Association.

Naquele que foi um dos maiores estudos deste tipo, a equipa analisou amostras de sangue e examinou os hábitos de consumo de álcool de mais de 80.000 chineses adultos saudáveis, ao longo de um período de seis anos.

Amostras de sangue foram recolhidas trimestralmente para medir o nível de HDL  – o “bom colesterol” – assim como a função hepática (desempenho do fígado) e marcadores inflamatórios. Os níveis saudáveis de HDL ajudam a prevenir a acumulação nas paredes das artérias que aumentam o risco de AVC e doenças cardiovasculares.

A equipa de investigação descobriu que aqueles que afirmavam consumir diariamente uma quantidade moderada de álcool – uma cerveja para as mulheres e duas para os homens – apresentavam o menor descida nos níveis de HDL. O consumo moderado de álcool aparentemente desacelerava o declínio natural dos níveis de HDL.

O impacto positivo foi observado de forma mais significativa nos consumidores de cerveja, aos quais se seguiam os que optavam pelas bebidas espirituosas. Não existiam dados suficientes para determinar adequadamente os efeitos do consumo moderado de vinho, porque não é uma bebida muito consumida pelos chineses.

Aqueles que não consumiam álcool e os que bebiam em demasia, não apresentavam os mesmos benefícios, o que sugere que o consumo moderado é na realidade mais saudável do que a abstenção.

Quase sem excepção, se olharmos para doenças do coração fatais e não fatais, as pessoas que bebem em moderação têm taxas substancialmente inferiores do que pessoas que se abstêm (Shue Huang, líder do estudo)

Este estudo apenas teve participantes chineses, mas Huang pretende estender a pesquisa a outras nacionalidades e tipos de álcool.

Este tipo de conclusões estão longe de ser novidade. Nos últimos anos têm surgido vários estudos, de diferentes países, que apontam para os benefícios do consumo moderado e regular de cerveja ou bebidas alcoólicas em geral. Seguem-se alguns dos que foram publicados no Cerveja e Tremoço:

 

E você, já bebeu uma cerveja hoje?

Deixe uma mensagem!