Consumo moderado de cervejas pode reduzir risco de ataque cardíaco nas mulheres

Partilhar por e-mail










Enviar
1.2k
Partilhas

São as conclusões de um estudo de mais de 1500 mulheres ao longo de um período de 50 anos, em que foi documentada a frequência do consumo de cerveja, vinho e bebidas espirituosas.

32 anos depois do início do estudo, 185 mulheres tinham tido ataque cardíaco, 162 tinham sofrido AVC, 160 tinham desenvolvidos diabetes e 345 cancro.

Ao cruzar as ocorrências de ataques cardíacos com a frequência do consumo de álcool, os investigadores descobriram que as mulheres que bebiam no máximo uma ou duas vezes por semana, tinham menos 30% de risco de sofrer ataque do coração, quando comparadas com as que consumiam quantidades elevadas e as que nunca consumiam cerveja.

O estudo não foi capaz de determinar se o vinho resultava no mesmo tipo de efeito protector, mas as bebidas espirituosas parecem ter contribuído para o aumento do risco de cancro. Quem as consumia mais do que uma ou duas vezes por mês tinha quase mais 50% de risco de morrer de cancro, quando comparado com os que bebiam menos frequentemente.

O estudo foi publicado online, no Scandinavian Journal of Primary Health Care.

Deixe uma mensagem!