lúpulo nobre

  • 26 Jul 2015
« Índice do Glossário

Apenas quatro variedades de lúpulo são consideradas nobres e geralmente apenas quando cultivadas nas suas regiões tradicionais: Saaz, Tettnanger (ou Tettnang), Spalt (ou Spalter) e Halltertau (ou Hallertauer Mittelfruh). São considerados lúpulos “de aroma” por serem muito aromáticos e apresentarem níveis de amargor baixo e de carácter mais delicado.

No ponto de vista da composição, estes lúpulos tem níveis elevados do óleo humuleno, muito utilizado na indústria do perfume, que pode ter carácter associado a terra, madeira, ervas e em alguns casos especiarias. Os seus níveis de ácidos alpha e de co-humulona são baixos, o que faz com que tenham aroma e amargor menos áspero do que outras variedades.

« Índice do Glossário

Os comentários estão desactivados