Ressaca

Misturar bebidas aumenta a ressaca?

Partilhar por e-mail










Enviar
16
Partilhas

A generalidade das pessoas parece convencida de que a mistura de bebidas ajuda a provocar ou a aumentar o efeito da ressaca. Mas será mesmo assim?

A resposta é simples: não existem evidências científicas que apoiem essa crença.

A BBC News fez uma investigação sobre o assunto e verificou que as principais causas dos sintomas da ressaca são a desidratação, mudanças nos níveis de hormonas – como aldosterona e cortisol – e os efeitos tóxicos do próprio álcool. Há também provas de que o sistema imunitário é afetado, contribuindo para as dores de cabeça, náuseas e fadiga.

A fórmula para ter uma ressaca é na realidade muito simples e bastante óbvia: quanto mais álcool beber, pior poderá ser a ressaca no dia seguinte – com ou sem misturas.

Segundo a BBC, existem duas causas principais para uma ressaca severa: beber muito álcool e beber muito rápido. A mesma quantidade de álcool, porém, nem sempre resulta na mesma severidade da ressaca.

Sabe-se também que misturar bebidas pode levá-lo a consumir mais álcool – e isso pode consequentemente piorar a ressaca. Além disso, algumas bebidas parecem ter um efeito pior do que outras, mas isso tem a ver com a bebida em si, não com a mistura.

Além da intoxicação causada pelo álcool, há outros componentes que afetam o nível da ressaca – os chamados congéneres. Os congéneres são substâncias não-alcoólicas produzidas durante a fermentação, como acetona, acetaldeído e taninos, que mudam as cores das bebidas e lhes dão sabores distintos.

As bebidas mais claras, como a vodca, têm menos congéneres do que as mais escuras, como o uísque. Um uísque bourbon, por exemplo, tem 37 vezes mais congéneres do que a vodca, por isso pode provocar para uma ressaca bastante pior.

Portanto, misturar bebidas claras e escuras pode fazer com que sinta mais enjoado do que se tivesse bebido apenas líquidos claros, no entanto, isso não acontece devido à mistura em si, mas porque algumas bebidas são mais potentes do que outras.

Se mesmo assim não acredita no que a ciência diz, não misture bebidas, beba apenas a cerveja 😉

Deixe uma mensagem!