Timmermans Oude Gueuze Lambicus Limited Edition

Partilhar por e-mail










Enviar
28
Partilhas

Oude Gueuze Lambicus Limited Edition

Produzida por Brouwerij Timmermans (Bélgica)
Estilo: Gueuze (Lambic)
Álcool/vol: 5.5%

Fermentação espontânea na Timmermans

Fermentação espontânea na Timmermans (Foto: beerjustice.blogspot.pt)

O estilo lambic é tradicional do sudoeste da Bélgica. Resulta da fermentação espontânea que ocorre após exposição do líquido a leveduras selvagens. Este método confere sabores distintos à cerveja, como algumas notas de vinho e cidra, mas especialmente um azedo/ácido bastante acentuado. O estilo adopta o nome gueuze quando o produto final resulta de misturas de cervejas antigas e recentes.

Devido às suas características, a cervejaria afirma que esta cerveja é conhecida como o champanhe das cervejas. Esta edição limitada é obtida através de uma mistura criteriosa de lambic de três anos, envelhecida em barris de madeira, e lambic nova, que assegura a fermentação espontânea na garrafa.

Como sabia que me esperava uma cerveja especialmente azeda, optei por bebê-la acompanhando uma Alcatra. É um prato típico – talvez o mais típico – da ilha Terceira, Açores. É um prato de carne robusto, com uma quantidade considerável de gordura, daí ter escolhido esta cerveja para ajudar a limpar o palato. Desta vez o tremoço não mereceu destaque na fotografia 🙂 .

A cerveja é clara, amarela/dourada e tem uma carbonatação elevada. O aroma é um misto de ácido, avinagrado e notas típicas das fermentações espontâneas. A melhor definição que conheço é funky, que não tem propriamente uma boa tradução em português.

Quanto ao sabor, é extremamente azedo e ácido. Para efeitos de comparação, posso dizer que tenho o hábito de comer os bocadinhos de lima que restam no fim de uma caipirinha e o meu irmão, que me acompanhou nesta prova, tinha o hábito de comer bocados de limão. Mesmo assim ambos tivemos dificuldade em beber um copo inteiro desta cerveja! Não que esta gueuze tenha um sabor mais ácido ou azedo que um limão ou lima, mas o seu sabor, no conjunto, foi difícil de suportar.

Esta gueuze específica é uma cerveja orientada a uma pequena minoria, sem dúvida alguma. Tem um sabor intenso e complicado para a maioria das pessoas. É uma experiência que recomendo apenas aos mais aventureiros e curiosos. Não é para mim, confesso.

Timmermans Oude Gueuze Limited Edition

Alcatra, um prato típico da ilha Terceira. Merecia outra bebida para acompanhar, na minha opinião.

 

Deixe uma mensagem!