Pagaria $1000 por cerveja gratuita para sempre?

Pagaria $1000 por cerveja gratuita para sempre?

É certo que ninguém sabe quantos anos viverá, mas não é difícil perceber que 1000 dólares americanos não são provavelmente o suficiente para pagar muitos anos de cerveja gratuita para a maioria dos consumidores frequentes. Mas foi esse o valor definido pelo restaurante norte-americano Northbound Smokehouse & Brewpup, de Minneapolis.

Northbound Smokehouse And Brewpub

(Fonte: Facebook/NorthboundBrewpub)

Amy Johnson e os seus dois sócios precisavam de angariar $220,000 para garantir um empréstimo bancário e realizar o seu sonho de abrir um restaurante/pub que vendesse cerveja produzida no próprio local. Apesar de conversações com possíveis investidores, nunca encontraram a solução desejada.

Os amigos e familiares queriam ajudar e por isso referiram recorrentemente que gostariam de investir, embora apenas pudessem dispender alguns (poucos) milhares de dólares. Foi então que os donos pensaram em mudar de estratégia e utilizar um número elevado de pequenos investidores. Decidiram que quem investisse $1,000 receberia cerveja da casa para o resto das suas vidas ou enquanto o estabelecimento estivesse em actividade. Por cada $1,000 investidos também poderiam receber 0.1% de participação na empresa, sem direito a voto. Finalmente, por $5,000 teriam acesso à cerveja gratuita e 0.5% de participação. O brewpub atingiu o seu objectivo de $220,000 através de 46 pessoas que escolheram a primeira opção, 42 que escolheram a segunda e 30 a terceira.

O negócio já se encontra aberto há dois anos e engane-se quem pensar que os investidores esgotam a cerveja ou dão prejuízo ao donos por terem direito à cerveja gratuita. Na realidade o estabelecimento apenas fornece gratuitamente cerca de 17 cervejas por dia, com um custo de apenas 40 cêntimos de dólar cada. Para além disso os investidores também consomem comida, outras bebidas e levam mais pessoas, contribuindo para o negócio.

Este processo de financiamento decorreu todo sem auxílio de nenhuma ferramenta de crowdfunding. A informação foi passada de boca em boca. Isso aconteceu principalmente porque ferramentas de crowdfunding como o Kickstarter não permitem a oferta de álcool como uma recompensa. O sucesso deste e de outros casos mostram que este pode ser um modelo a seguir por outros negócios do género.

Fonte: NationalJournal.com