Bolonha: a cidade que dá cerveja a quem se desloca de forma ecológica

Bolonha: a cidade que dá cerveja a quem se desloca de forma ecológica

Tal com muitos outros centros urbanos por todo o mundo, Bolonha tem problemas de trânsito e congestionamento.

Uma das primeiras medidas que tomaram para tentar preservar o centro histórico foi a definição de uma zona pedonal com acesso muito limitado ao tráfego automóvel. Mas essa solução não melhora a situação do tráfego fora da zona delimitada.

O Bella Mossa (ou “Bom Trabalho”) foi o sistema de recompensa que criaram para cidadãos que utilizem bicicleta ou transportes públicos em vez de carro particular.

Através desta iniciativa os cidadãos recebem pontos que podem trocar por cerveja, gelados, bilhetes de cinema, etc.

Tudo é controlado por uma aplicação de telemóvel. A ferramenta foi criada no ano passado por Marco Amadori, um urbanista que queria tornar os transportes mais ecológicos e sustentáveis.

Os pontos são atribuídos por viagem e não por quilómetros percorridos. O objectivo é incentivar os participantes a usarem meios de transporte limpos mais vezes e não a percorrerem distâncias maiores.

No final do trajeto, a aplicação mostra uma estimativa de quanto dióxido de carbono - um dos gases que contribuem para o aquecimento global - deixou de ser emitido por terem escolhido o meio alternativo de locomoção.

O sistema teve uma adesão considerável.

Seria uma boa ideia recompensar os cidadãos com cerveja artesanal local… seria um bom incentivo para mim, pelo menos 😄 .