Alterações climáticas

Mudanças climáticas ameaçam a produção de cerveja

Partilhar por e-mail










Enviar
9
Partilhas

Uma recente investigação revela mais um dos efeitos preocupantes do aquecimento global, que pode pôr em perigo a bebida milenar. O estudo sugere que, num futuro próximo, a cerveja será mais escassa e mais cara devido aos efeitos das mudanças climáticas. Os fenómenos de origem climatérica, como ondas de calor extremo e secas põem em risco a produção global de cevada, uma das principais matérias-primas usadas no fabrico da cerveja.

Segundo o jornal The Guardian, o estudo envolveu investigadores de várias universidades para analisar modelos climáticos e examinar como as plantações de cevada deverão ser afetadas nos próximos 80 anos. Foram então aplicados modelos económicos para estimar o impacto no abastecimento e no preço da cerveja.

As previsões apontam para uma redução do consumo da bebida em cerca de um terço na Irlanda, Bélgica e República Checa. Mesmo no melhor cenário climático possível, em que as emissões de CO2 responsáveis pelo aquecimento global são cortadas em grande escala e muito rapidamente, ainda haverá queda de produção entre 9 e 13 por cento da produção de cerveja nestes países, que são tradicionalmente alguns dos maiores mercados.

A escassez fará inevitavelmente com que o preço da cerveja suba. Os mais atingidos serão os consumidores da Polónia, com o aumento de cinco vezes o preço atual. Na Irlanda, Bélgica e República Checa, os valores pagos pela bebida devem duplicar.

Apenas um sexto da cevada produzida no mundo é utilizada para a produção de cerveja, dado que a maior parte da colheita se destina à alimentação de animais. No entanto, em situações que a produção diminui, a alimentação é prioridade e a quantidade de cevada disponível para a fabricação de cerveja diminui, o que faz com que os preços subam.

Os especialistas explicam ainda que usar outros géneros de grãos (como trigo ou milho) para fabricar cerveja não é uma opção, pois todas as plantações serão afetadas da mesma forma pelas mudanças climáticas. Além da cerveja, outros produtos como o chocolate, café e chá também deverão ficar mais caros pelos mesmos motivos.

 

Deixe uma mensagem!