Lúpulo

Estudo diz que cervejas com mais lúpulo são melhores para o fígado

Partilhar por e-mail










Enviar

De acordo com um novo estudo publicado na revista Oxford’s Alcohol and Alcoholism, a cerveja com maior quantidade de lúpulo é menos prejudicial para o fígado do que outras bebidas alcoólicas, incluindo cervejas com menor quantidade de lúpulo.

No estudo, um grupo de ratos consumiu cerveja com lúpulo, outro recebeu cerveja sem lúpulo, e ao terceiro grupo foi dado apenas álcool (etanol). O quarto grupo serviu de controlo e recebeu uma solução neutra.

Quando foram apurados os resultados, verificou-se que os ratos que receberem a cerveja com lúpulo eram de todos os que tinham a menor quantidade de gordura no fígado. Os ratos que consumiram etanol e a cerveja sem lúpulo tinham a mesma quantidade de gordura nos seus fígados.

Os cientistas concluíram assim que a presença do lúpulo afecta a saúde do fígado do consumidor no curto prazo.

“Os nossos dados sugerem que o teor de lúpulo na cerveja é pelo menos em parte responsável pelos efeitos menos prejudiciais da cerveja o fígado”, escreveram os investigadores.

O lúpulo tem sido associado a benefícios para a saúde ao longo dos anos, com efeito em insónias, menopausa e até em alguns tipos de cancro.

Deixe uma mensagem!