Hertog Jan Grand Prestige

Hertog Jan Grand Prestige

Partilhar por e-mail










Enviar

Hertog Jan Grand Prestige

Produzida por Arcense Bierbrouwerij (AB InBev) (Holanda)
Estilo: Belgian Strong Dark Ale ou Quadrupel/Abt
Álcool/vol: 10%

No início dos anos 80 apenas existiam cerca de 20 cervejarias na Holanda e todas elas produziam pilsners, estilo de cerveja que dominava quase completamente o consumo de então. Podia dizer-se que a cultura cervejeira era praticamente inexistente. A Arcense Brouwerij contribuiu muito para a mudança dessa tendência: aos poucos foram importando cervejas especiais da Bélgica e ao mesmo tempo foram produzindo as suas próprias cervejas especiais, muito distintas das lagers que até essa altura dominavam o mercado. Em 1992 a cervejaria foi comprada pela belga Interbrew (mais tarde Ambev e actualmente é a gigante Anheuser–Busch InBev).

A Hertog Jan Grand Prestige é a cerveja mais rica da linha Hertog Jan. Tem 10% de álcool por volume e é considerada pelo produtor como sendo do estilo barley wine (vinho de cevada). Não é do consenso geral de que deva ser esse o estilo atribuído, por isso por vezes é também classificada com o estilo mais genérico belgian dark ale ou então quadrupel ou abt (estes dois últimos representam essencialmente o mesmo estilo, mas têm origens diferentes).

É uma cerveja escura, com uma coloração castanha que se torna rubi contra a luz.

O aroma é um pouco doce e notei principalmente a presença do malte, em especial dos tipos mais caramelizados.

Na boca é robusta e o sabor a álcool é evidente, o que é normal numa cerveja de 10%. No entanto, o álcool não é avassalador e o sabores de malte caramelo também fazem-se notar claramente. Encontram-se ainda outros pequenos apontamentos mais complexos e ainda o sabor muito moderado do lúpulo.

É uma cerveja que transmite qualidade. É saborosa, muito rica, é para ir degustando aos poucos. Bebi-a certamente um pouco mais fria do que os cerca de 10ºC recomendados e dessa forma posso ter perdido algumas nuances mais complexas do sabor, mas eu costumo adequar a temperatura da cerveja à minha vontade do momento em vez de respeitar religiosamente as opiniões ou tradições ditadas por terceiros. Mas talvez o faça da próxima vez que a beber.

Hertog Jan Grand Prestige

Deixe uma mensagem!