Aecht Schlenkerla Eiche Doppelbock

Aecht Schlenkerla Eiche Doppelbock

Partilhar por e-mail










Enviar

Aecht Schlenkerla Eiche Doppelbock

Produzida por Brauerei Heller - Trum (Schlenkerla) (Alemanha)
Estilo: Doppelbock
Álcool/vol: 8%

É no coração do centro do histórico da cidade Bamberg, ao pé da catedral, que se situa a histórica cervejaria Schlenkerla, responsável pela produção desta cerveja. A primeira menção escrita sobre a cervejaria data de 1405 e neste momento pertence à sexta geração da família Trum.

Desafio qualquer pessoa que não seja fluente em alemão a dizer o nome desta cerveja três vezes seguidas. Esta doppelbock de nome difícil de pronunciar e de rótulo difícil de ler caracteriza-se pelo uso de grão fumado usando carvalho, preparado na própria cervejaria. Após uma pequena investigação percebi que todas ou praticamente todas as cervejas desta cervejaria utilizam grão fumado.

Aspecto: castanho escuro avermelhado; pouca espuma e dissipa-se muito rapidamente.

Aroma: malte, malte e ainda malte.

Na boca: encorpada, muito rica e doçura moderada – uma “bomba” de malte; o sabor fumado – tipo churrasco – sobressai e valoriza claramente a cerveja; não se nota especialmente o lúpulo, excepto no final, cujo amargor surge com mais intensidade, embora com a delicadeza dos lúpulos nobres e com sabores de características de terra/raízes; termina também com algum álcool; tem muito pouco gás.

O grão fumado utilizado nesta cerveja é, na minha opinião, um grande trunfo, pois é o que a torna mais especial e diferente de muitas outras doppelbocks. Além do sabor ser agradável, o facto de ser fumado na própria cervejaria, com madeira de carvalho, faz com que tenha uma assinatura própria e isso acrescenta valor e interesse à bebida. Não fosse o sabor fumado e talvez eu tivesse escrito que era demasiado desequilibrada para o meu gosto, demasiado doce e rica. No entanto, continua a não ser das minhas preferidas. Em geral gostei mais da doppelbock da Andechser que bebi antes desta e que ainda está fresca na minha memória. De qualquer forma é uma cerveja com muita história e de reconhecida qualidade, por isso vale a pena experimentar. Isto é, se conseguir decorar o nome da cerveja…

É justo deixar como nota o facto da garrafa que bebi ter ultrapassado em vários meses a data de consumo limite aconselhada. Embora não seja expectável que neste tipo de cerveja isso tenha tido grande impacto no sabor, é possível que o lúpulo tenha suavizado um pouco e contribuído para que a cerveja parecesse ainda mais doce e rica. Fica a nota e a dúvida até eu voltar a beber uma destas.

Aecht Schlenkerla Eiche Doppelbock

Aecht Schlenkerla Eiche Doppelbock

 

Deixe uma mensagem!