St. Peter's Organic Best Bitter

St. Peter's Organic Best Bitter

Produzida porSt. Peter's Brewery(Reino Unido)
Estilo:Bitter / Best Bitter
Álc/vol:4.1%

A cervejaria de St. Peter’s data de 1996 e está localizada num edifício medieval numa zona remota de Suffolk, no Reino Unido. A água utilizada na produção das cervejas é retirada de um poço antigo situado na propriedade e é considerada um ingrediente essencial para o carácter das cervejas produzidas.

A Organic Best Bitter é uma cerveja premiada pela Soil Association pelo facto de conter apenas ingredientes biológicos. São poucas as cervejas biológicas no mercado devido ao elevado custo e pouca variedade dos ingredientes disponíveis. Se na prática é tão mais saudável ou amiga do ambiente, é uma discussão que prefiro deixar para outra altura.

A garrafa verde oval é bastante distinta. Ao que parece é uma cópia fiel de uma garrafa de 1770. A original está armazenada nas instalações da cervejaria e é considerada um exemplo raro de uma garrafa oval do séc. XVIII.

Esta bitter tem uma cor rica, de cobre. A espuma não é muito abundante e é pouco persistente.

O aroma é generoso e muito agradável. Domina um aroma robusto a malte caramelizado. Não identifico qualquer aroma frutado ou a lúpulo.

Na boca sente-se também o sabor a malte, especialmente o caramelizado que o aroma anunciava, mas é acompanhado de um amargo generoso inicial do lúpulo que cria um contraste. No final o lúpulo já não parece tão intenso e não deixa um sabor especialmente amargo na boca. É uma cerveja com um corpo relativamente leve mas com um sabor rico que é de certa forma regulado pelo lúpulo, o que impede que a cerveja pareça demasiado rica ou enjoativa e em vez disso seja refrescante e fácil de beber.

É uma cerveja que repetirei com gosto porque é agradável, refrescante e não é demasiado amarga. No global proporciona aquilo que eu pessoalmente aprecio numa bitter, independentemente das características serem ou não as mais fiéis ao estilo mais tradicional.

St. Peter's Organic Best Bitter